“O pedagogo nasce em nós, fruto do estudo do ser humano.
O homem superior nasce na criança, fruto do trabalho dos educadores.”

Rudolf Steiner

A Pedagogia Waldorf surgiu em 1919, na Alemanha, com a fundação de uma escola destinada aos filhos dos funcionários da Indústria Waldorf, em Stuttgart. Fechada por um período durante a 2ª Guerra Mundial, a escola retomou o funcionamento na década de 1940.

 

Dava-se o primeiro passo para a implantação de uma pedagogia que hoje é adotada por mais de 1000 escolas pelo mundo. Rudolf Steiner, austríaco nascido em 1861, foi seu idealizador. Formado em ciências exatas, voltou-se para o estudo da Filosofia e fundou a Antroposofia, que do grego, significa conhecimento da natureza do ser humano.

Steiner faleceu em 1925, depois de ter realizado extraordinárias contribuições no campo da organização social, pedagogia, medicina, farmacologia, agricultura entre outros.

 

Fundamentado em suas pesquisas, Steiner descreveu a biografia humana como uma sequência de ciclos de sete anos. Assim, na Pedagogia Waldorf, há uma proposta de trabalho para cada um desses ciclos, com uma concepção de ensino-aprendizagem pautada na visão holística do ser humano, constituído de corpo, alma e espírito.

 

Essa pedagogia propõe-se a buscar, através das diferentes disciplinas, a formação de qualidades que levem o aluno a realizar sua verdadeira tarefa como ser humano, e a fazê-la em liberdade individual e com compromisso no social.

Os conteúdos conceituais são equilibrados com atividades artísticas, artesanais e corp orais e, ao contrário do muitas pessoas pensam, a Pedagogia Waldorf não pode ser considerada uma pedagogia “alternativa”. A Escola Waldorf tem sua pedagogia fundamentada no estudo da antropologia geral, o estudo do homem. O currículo é fundamentado em dois princípios, a seriedade e a profundidade.

 

No Brasil, cada vez mais a Pedagogia Waldorf é reconhecida e tem servido de inspiração para iniciativas educacionais. A Federação das Escolas Waldorf do Brasil é o núcleo do movimento Waldorf, centro divulgador e irradiador, que apoia o desenvolvimento de novas escolas Waldorf, bem como o fortalecimento das já consolidadas. Promove o intercâmbio, entre escolas do Brasil e do mundo, dá consultoria pedagógica e promove a formação de docentes e pesquisadores da pedagogia. Ver aqui

Recentemente, o Ministério da Educação aprovou as atividades da primeira Faculdade Waldorf de Pedagogia, um centro de formação de professores especialistas o IDW (Instituto de Desenvolvimento Waldorf).